TAG: FACULDADE (FONOAUDIOLOGIA)


Férias é bom, mas daqui a pouco as aulas retornam. E com isso, 95% da minha vida é dedicada à Fonoaudiologia. Por isso decidi dar início ao tema aqui no blog e no canal do youtube, respondendo a TAG FACULDADE. São 15 perguntinhas sobre o curso de graduação. E para quem quiser saber mais coisas sobre o curso, a rotina e a profissão: fiz um instagram muito massa só pra escrever sobre o assunto. Dá uma olhada aqui

     

Perguntas: 

1- Qual seu curso de graduação? 
2- Quantos períodos ele tem? E em qual você esta?
3- Porque você escolheu esse curso?
4- Antes de escolher esse curso você pesquisou sobre o mercado de trabalho e o piso salarial?
5- Como foi seu primeiro dia de aula? Tem dicas para os calouros?
6- Sobre seu TCC, já começou a fazer? Qual tema pretende abordar?
7- Você se considera uma boa aluna(o)?
8- Você esta 100% satisfeita com o curso que escolheu?
9- O seu curso tem algum material especifico que não tem em outros cursos? (ex: estetoscópio e calculadora cientifica.)
10- Na sua faculdade teve trote? Se sim como foi?
11- Seu curso tem muita matemática?
12- Geralmente nas faculdades existem o "ciclo natural de desistência" a turma começa com 70 alunos e permanecem só 20. Isso aconteceu na sua faculdade?
13- Quais dicas você daria para quem esta querendo começar a fazer o mesmo curso que você?
14- Já ficou em DP? Possui algum método diferente de estudo?
15- Faça um resumo básico do seu curso pra quem estiver interesse em fazê-lo.



Não esqueça de se inscrever no canal para não perder nenhum vídeo novo e me conta nos comentários sua opinião, ficaria muito feliz em saber!


                                            Acompanhe o blog nas redes sociais:
                               Facebook ♥ Twitter ♥ Youtube ♥  Instagram ♥ Brechó 

DICAS DE COMO SE DAR BEM NO SISU


As notas do ENEM já foram lançadas e começa-se a terceira Guerra Mundial no site do sisu. É fato que ainda existem várias dúvidas de como conseguir aquela vaga tão sonhada na faculdade dos sonhos e é claro que depende muito da sua nota mas como estamos falando de um sistema, existem algumas estratégias que podem ser usadas para chegar mais perto da sua vaga! Resolvi fazer um post falando sobre minha experiência e como fiz para me dar bem no sisu. 
Antes de tudo, te recomendo a assistir esse vídeo (aqui) que vai te ensinar a usar o sisu. E é muito importante que você o saiba.
Primeiro, saiba que você não é uma nota! Esse discurso já está clichê mas não acreditava nessa afirmação quando estava na tensão do sisu. Por isso acho válido te dizer que não, você não é uma nota. A vida é tão curtinha, então dê mais valor ao banho de mar, à trilha no meio da mata, ao abraço dos seus pais. Quando o desespero bater, lembre-se disso!
Segundo, não coloque um curso que não quer só para passar e alimentar o ego de quem quer que seja. Alguém quer muito a vaga que você está ocupando. Então batalhe pelo curso que você se identifica.
Enfim, vamos às dicas!

Tenha uma boa segunda opção: uma que você se identifique, vá gostar de cursar e nem precisa ser na sua área. Mas que seja algo que você queira. Nada de colocar se não tem interesse de cursar. Pegue a lista de cursos das universidades próximas à você e conheça cada curso. Ainda dá tempo! Fique ligado também se você fica dentro da nota de corte dessa segunda opção, isso é o mais importante. Não aposte em uma segunda opção que não vai rolar, abra a mente e pesquise os cursos! Não desanima, ein?

Você precisa conhecer o listão da universidade que você quer! Estude as notas, a cota que normalmente remaneja com a menor nota, onde você mais tem chance de entrar. E o mais importante é conhecer o listão da lista de espera, pois se você ficou de fora no sisu, ainda pode ter chance na lista de espera! O listão do ano passado da UFPE (com os remanejados) ainda pode-se encontrar aqui. Leia com calma, veja onde a sua nota se aproxima e arrisca!!!

Seja cuidadoso e tenha a certeza de que você não está fazendo nada que o faça ser desclassificado, como não poder comprovar a cota que colocou.

⧫  Analise a sua posição na cota em que está e a quantidade de vagas na mesma. Isso é muito importante para saber a chance que existe de você passar na lista de espera! O importante é ficar calmo diante da situação e tentar pensar calculadamente. É um sistema, ele te quer fora, mas você pode conseguir entrar! 

A principal dica é justamente essa. Tranquilidade. Pense direito, analise. Peça ajuda! O meu direct do instagram está aberto à qualquer dúvida. Não tenha vergonha de pedir ajuda e informação. Fala lá comigo que posso te ajudar em cada passo! E não desanima, não é o fim do mundo e a sua vitória vai chegar! 

Siga perfis que te motivem e avisem sobre o sisu. Indico esses aqui: @cargamaximacursos; @avidamedicina@vemedicina... tem muitos! Só procurar ;)



                                    Acompanhe o blog nas redes sociais:
                       Facebook ♥ Twitter ♥ Youtube ♥  Instagram Brechó 

Amor verdadeiro


Me chamem de louca, infantil, sonhadora. Sou tudo isso. Mas ainda acredito na bondade das pessoas, em sorrisos sinceros, em "eu te amo" de verdade, em amor verdadeiro. Ainda acredito naquela pessoa que te faz bem e sempre vai fazer. O meu amor verdadeiro provavelmente não vai seguir nenhum dos estereótipos que criei pra ele. O meu amor verdadeiro provavelmente vai me pegar de surpresa, quem sabe numa manhã chuvosa em que eu esteja atrasada e com a maquiagem borrada ou mesmo em uma das tardes de sábado que passo perdida entre os livros da biblioteca da cidade ao lado com o cabelo bagunçado. Ao contrário do que muitos esperam, não quero sempre calmaria com meu amor verdadeiro. Nem sempre será fácil, mas tenho certeza que sempre vamos continuar tentando. Provavelmente levarei muito tempo até saber que ele é o cara da minha vida. Vai precisar insistir muito até que eu confie nos seus sentimentos. Não quero um "eu te amo" dele, quero apenas que fique. Fique pelo simples prazer de ficar. Nos meus dias mais sombrios ele vai abrir a janela e me puxar pelo pé da cama, vai me mandar pra o chuveiro e vai preparar uma lista de coisas divertidas para fazer. Vai fazer isso só porque quer me ver bem.
O meu amor verdadeiro com certeza não será egoísta, nem falso, nem preso na ideia de impressionar as pessoas. Ele não fará promessas sem fim, não falará em casamento e nem "para sempre". O meu amor verdadeiro, por ser verdadeiro, apenas fará acontecer. Apesar de sempre dizer aos quatro cantos que sou a mulher da sua vida.
Ele tirará minha dor e colocará um sorriso no meu rosto. Vai me fazer gargalhar até minha barriga doer e eu ficar sem ar. Nem sempre só de olhar pra mim vai saber que preciso de um abraço, mas sempre que puder me abraçará. Vai me entender quando tiver minhas crises de ciúme, de choro e de raiva. Aliás, ele também terá as dele. Ele nunca me deixará esperando no nosso aniversário, saberá que independentemente de presente, o melhor será a sua presença, a sua voz, seu cheiro. E não a sua falta. Ele não dará desculpas esfarrapadas, será sincero e saberá que apesar de eu não gostar de algumas atitudes dele o melhor é me dizer. Também erro e nem por isso deixa de ser amor verdadeiro.
Meu amor verdadeiro não será nenhum coitadinho, já magoou algumas meninas durante a vida e também foi magoado. Mas não terá nenhum caso mal resolvido, muito menos paixão por alguma ex-namorada. Vai estar do meu lado por gostar da minha companhia, nada mais. 
No nosso amor, não haverá nenhum interesse. Talvez nem ficaremos juntos pra o resto da vida. Mas ele sempre estará no meu coração. O destino talvez nos una de novo, mas enquanto estamos longe iremos respeitar um ao outro. Fiz bem a ele e ele a mim. Sem necessidade de ressentimentos. 
O meu amor verdadeiro, por ser verdadeiro, talvez demore. Mas um dia quando tiver a certeza que o encontrei, não o deixarei escapar. Nem precisarei fazer muito esforço, porque ele também não irá querer ir. 


Me contem nos comentários o que acharam :)
 Beijinhos.



  Acompanhe o blog nas redes sociais:
      Facebook Twitter ♥ Youtube ♥ Tumblr ♥ Instagram ♥ Pinterest  Flickr  Shots

O fio da meada


Sei lá, ás vezes tudo me parece tão turvo. Me pergunto constantemente se isso é de fase. Essa confusão toda. Se um dia levantaremos ao amanhecer e todo esse barulho não passará de um ensurdecedor silêncio. E todas as brigas, exaltações, invejas, tristezas, mentiras, disputas, discussões, dores e decepções simplesmente não existirão mais. E então seremos mais sinceros, mais amáveis, mais humanos. Me pergunto se não perdemos o fio da meada, se não esquecemos valores tão importantes e essenciais do ser humano que nos confundimos no calor da emoção de cada vez ser mais, de cada vez ser mais importante, de cada vez ser maior. Veja bem, não estou aqui falando que não devemos progredir na vida, que não devemos ter uma boa formação, um bom emprego, uma boa casa. Estou aqui falando que além de planejar para o nosso futuro um carro na garagem, férias no exterior e celulares de última geração, temos que pensar em quem devemos ser e em quem estamos sendo uns para os outros. Se você aí, realmente gosta de quem é. Ou será que você não pensa em como você age, você fala, você olha, você sente? Afinal, você sabe quem é você?
Sei que existem pessoas que valem a pena o nosso tempo, a conversa, o abraço da gente. Mas a maior parte das pessoas estão tão preocupadas com a roupa do garoto, com a maquiagem da garota, com o celular do outro. E em como, na visão delas, são melhores, são mais interessantes, são mais bonitas, mais estilosas, são maiores. Que acabam se tornando pessoas tão vazias, tão fúteis, tão cegas pelo próprio egoísmo. E então se perdem na tentativa de ser perfeito. Tão perdidas que não sabem nem mais quem são. É tanta vontade de agradar o mundo todo, de chamar a atenção de todos, de ser quem não é. É o que vejo quando olho para a humanidade, se é que podemos chamar assim. E então sei que definitivamente invertemos os valores e nos perdemos na conta, porque diferente da matemática, se alteramos as ordens dos fatores na vida, tudo sairá errado. Sei disso quando vejo tanta falsidade que me dá ânsia, quando aquela pessoa que me critica me abraça e me chama de amiga, quando passo nos corredores deste mesmo colégio e vejo pessoas rirem do menino com sobrepeso, da menina com maquiagem forte, do grupo de amigos que se vestem diferente. Como se existissem regras de personalidade, estilo e aparência que toda a geração deve seguir. E cuidado, se não seguir, você não é bonito, não é legal, não faz parte do grupinho. Me diz aí vai, quando que ser ficou mais importante que viver? Quando que agradar as pessoas ficou mais importante que ser feliz? E se você morresse agora, será que fez o que queria fazer? Será que você foi feliz o bastante? Será que você não perdeu tempo demais com coisas que não valiam a pena? E aquele dia que você estava morrendo de vontade de dançar na festa do colégio e não o fez porque iriam te zoar? E quando você deixou de dizer o que realmente pensava só porque aquela pessoa ia te excluir da rodinha de amigos? E quando viu algo injusto mas não teve coragem de falar nada por medo de não acreditarem em você? E quando você garota, se olhou no espelho e não se sentiu confiante o bastante para passar batom vermelho? Tantos medos causados por estereótipos de gente vazia! Gente que não sabe nem quem realmente são quanto mais as ideias que defendem. Temos tão pouco tempo para fazer tudo aquilo que queremos, dançar na chuva, conhecer outra cultura, se apaixonar, tirar 10 na prova da matéria que odiamos, dizer eu te amo para a mãe, fazer alguém rir para valer. Temos tão pouco tempo para sermos quem realmente somos, para mostrar quem somos e como somos únicos e bonitos do nosso jeito, seja espalhafatoso ou tímido, risonho ou quieto, desbocado ou racional, cada um de nós, negro, branco, amarelo, hétero, homossexual, trans. Todos, todinhos somos únicos e diferentes, sem nunca ser maior que o outro, sem nunca desrespeitar o outro. Já parou para pensar em como isso é incrível? Como Deus (ou o Big Ben) pode ter nos criado tão singularmente humanos. Um desperdício seria se deixássemos de ser. 
Gostaria de fazer todo mundo reverter os valores de volta, porque para mim essa palavrinha de quatro letras MAIS (e me desculpe Língua Portuguesa o quanto vou repeti-la agora) significa muito mais que ser mais que alguém. Para mim significa ser mais compreensível, ser mais humilde, ser mais incentivador, ser mais do que sou, ser mais humano, ser mais feliz deixando o outro em paz.



Obrigada por tudo, espero que tenham gostado.
Me contem nos comentários o que acharam :)
 Beijinhos.



  Acompanhe o blog nas redes sociais:
      Facebook Twitter ♥ Youtube ♥ Tumblr ♥ Instagram ♥ Pinterest  Flickr  Shots

Resenha: O Reino das vozes que não se calam


O Reino das Vozes Que Não Se Calam - Em sua estreia na Rocco e marcando também a chegada do selo Fantástica, a escritora Carolina Munhóz, ganhadora do Prêmio Jovem Brasileiro por seu primeiro livro, A fada, apresenta O Reino das vozes que não se calam, escrito em parceria com a atriz e cantora Sophia Abrahão. Espécie de conto de fadas contemporâneo, em que um mundo mágico é palco para uma história de autoconhecimento e o poder dos sonhos, o romance conta a história de Sophie, uma garota cansada de sofrer com a indiferença das pessoas até descobrir um Reino onde seus talentos são reconhecidos. Cedo ou tarde, porém, ela terá que decidir entre a realidade e a fantasia, numa jornada repleta de descobertas e desafios.



O livro conta a história de Sophie uma garota ruiva, magra e tímida, que acaba sofrendo muito preconceito pela sua aparência. A sua única companheira é a Ana, sua melhor amiga que faz parte da turminha dos populares e que acaba convencendo Sophie a ir pra uma festa onde ela é humilhada. Mas Sophie é mais do que esse patinho feio que os colegas de escola dela criou. Além de ser super talentosa, Sophie tem muita criatividade e uma certa curiosidade. Depois de chegar em casa com o coração partido em dois e se jogar na cama, Sophie sonha com um reino mágico onde as pessoas são diferentes, os animais são diferentes e tudo é completamente o oposto de sua vida. Ali está o mundo que ela sempre sonhou.
Depois de acordar, a maior vontade dela é retornar ao reino onde tudo é possível, onde as pessoas a tratam bem e onde ela é feliz.
Ela acaba descobrindo que nada daquilo é um sonho, e sim um mundo paralelo. Agora a maior escolha de Sophie é decidir entre o nosso mundo e o Reino das vozes que não se calam. Com toda essa amargura que ela tem do lado de cá, a resposta parece óbvia. Mas nesse meio tempo, Sophie vai vendo que nem todas as pessoas são tão ruins assim. Ela acaba conhecendo o Léo e a Mônica. E vendo um outro lado do nosso mundo que ela achou que não existia. Por outro lado temos O Reino, lar de criaturas que a garota já aprendeu a amar por se sentir tão amada por elas. Essa foi uma parte do livro em geral que amei! Um reino colorido onde existe gatos falantes, guardiãs, fadas, pássaros enormes, sereianos? Me leva urgente para lá! 
E agora? Permanecer com as pessoas que ela aprendeu a gostar ou ir de vez para o Reino onde ela se sente tão amada? O que você faria?

Acho que todos nós temos um mundo paralelo para fugir quando as coisas por aqui apertam, né? Seja na música, na literatura (), na dança, no teatro... E pense bem em como seria uma decisão difícil se você tivesse que escolher entre seu refúgio e o mundo real tão caótico que vivemos? 
Na minha opinião, além da questão do bullying, essa é uma característica do livro que mais marcou. Afinal, o que é melhor para nós? Enfrentar o mundo real com todos os nossos probleminhas (ou "problemãos") ou ser feliz num mundo paralelo onde todos te aceitam e tudo parece ser perfeito? 
A linguagem é leve, e a narrativa é fluida. E é um livro tão bonito de se ler, de parar para refletir sobre que entrou na minha lista de livros favoritos! O livro conseguiu transmitir e muito bem uma das fases mais conturbadas da vida, a adolescência. A tristeza e a depressão que a protagonista adquire pelo bullying sofrido é de partir o coração. Me peguei chorando, acreditam?
Os personagens são muito bem construídos, e com sentimentos bem reais, sabe? Tenho certeza que conheço alguma Sophie ou mesmo uma Ana.
Quanto aos detalhes físicos, nem preciso falar. As fotos dizem tudo! É o livro mais amorzinho que já li. Sou apaixonada pela capa, pelas fontes, pelo papel, tudo! 
Não dá vontade de visitar O Reino olhando essa capa linda? 

Pausa aqui para contar do dia que conheci a Carolina ♥ Foi muita emoção! Pessoa mais linda, simpática, amorosa e atenciosa nunca vi! Ela já se tornou uma de minhas escritoras favoritas, e aguardem que vou falar muitooo dela aqui ainda! Em breve tem resenha de Por um toque de ouro ♥ (só falta conhecer a Sophia agora :'))


Tem mais fotos lá no insta @limaoealecrim. A Carol é tão fofa que até curtiu!



"Eu vejo uma jovem um pouco perdida, talvez revoltada demais com o mundo. Não sei porque razão. Redescubro uma garota com uma voz linda e uma facilidade incrível de transportar sentimentos para melodias no papel. Uma pessoa que fala o que pensa e pensa o que sente, talvez madura demais para a idade. Vejo uma pele difícil de ser esquecida e um sorriso que pode ser mágico quando quer. Gosto dos meus lábios, porque lembram os da minha mãe. E das minhas sobrancelhas, parecidas com as do meu pai. Mesmo achando que meu cabelo ruivo tem mais personalidade do que eu, ainda é legal o modo como ele mostra o quanto minha alma é única. Acho que sinto isso. Que sou diferente, mas isso é bom. Que quanto eu peso ou como me visto não importa se eu estiver bem comigo mesma."



Obrigada por tudo, espero que tenham gostado.
 Beijinhos.


  Acompanhe o blog nas redes sociais:
      Facebook Twitter ♥ Youtube ♥ Tumblr ♥ Instagram ♥ Pinterest  Flickr  Shots

Sessão de Autógrafos com Bruna Vieira #BruNoRecife ♡

 

Sabe quando do nada, a gente realiza um dos nossos maiores sonhos? Conhecer a Bruna Vieira foi assim.
Eu não estava esperando por isso, mas recebi uma mensagem de um amigo meu avisando que a Bru tinha postado no Twitter que ia dar uma passada aqui em Recife, preciso mesmo dizer que surtei?
Quando o grande dia chegou mal pude acreditar, ficar horas na fila nem foi um grande esforço. Fiz amizades pra vida toda, fiz amizades de 30 minutos. Mas sabe o mais legal? É que tenho certeza que nunca vou esquecer aquelas pessoas, as risadas, gritos, lágrimas. ♡


A Bru é muito simpática, charmosa, estilosa, linda, talentosa, humilde, atenciosa, e muito mais. Com 300 pessoas para conversar/dar atenção a moça não tirava o sorriso do rosto, nem era rude. Lógico que não! Estamos falando da Bruna gente! Aquela menina de Leopoldina que escreve textos no seu tempo livre. 
É isso mesmo que ela é. ♡
Fiquei tão TÃO feliz! Ela me abraçou, e eu dei uma cartinha pra ela. Olho todo dia para o autógrafo hahaha ♡



"Tá borrado meu delineador?" "Ei, olha aqui meu olho, tá sujo?" "Meu cabelo? Como tá?" "Ai meu Deus! Dá para ver ela daí?" "Tá legal mesmo? Essa roupa não tá feia?" "Tô com remela?" "Tem comida aí?"
Era o que se ouvia logo que a Bruna chegou e a fila começou a andar, era cada pergunta!
Tanta coisa "pessoal", que perguntamos só pras bffs e para mãe, sendo falada á plenos pulmões ali. Isso fez com que muitas virassem amigas ali mesmo ♡


Esse sorriso ♡. Sabe aquelas pessoas super meigas que dá vontade de passar 24hrs por dia pertinho dela? A Bruna é dessas ♡
Quando vimos o carro passar pelo vidro, choramos juntas! Todas as meninas!
Foi impossível conter as lágrimas vendo a Bru tão ali pertinho, acenando de dentro do carro com um sorriso bobo no rosto.


Bruna, eu e Natália. 




Já terminei de ler ♡ 


Charmosa como sempre ♡



Também foi muito legal ver os estilos variados das meninas, fiquei babando nessa blusa e em uma do Acampamento Meio-Sangue que tô querendo faz tempo!


Nat ♡ Uma das amigas que fiz lá.


  ♡♡


Esse dia com certeza foi um dos melhores da minha vida! Conhecer a Bru foi ainda mais do que realizar um sonho, poder ver a sua blogueira/escritora favorita, que você acompanha há 3 anos assim tão de pertinho foi um privilégio ♡
Volta logo visse Bru? Estamos te esperando aqui na Bienal o/ ♡

Obrigada por tudo, espero que tenham gostado!
 Beijinhos.

  Acompanhe o blog nas redes sociais:
      Facebook Twitter ♥ Youtube ♥ Tumblr ♥ Instagram ♥ Pinterest  Flickr  Shots